Como engrossar e desenvolver o tronco e as raízes de seu pré-bonsai mais rápido?


Esta técnica tem por objetivo acelerar o desenvolvimento da planta, diâmetro do tronco e estrutura de galhos, permitindo que o bonsai adquira o aspecto de árvore adulta em menor espaço de tempo.

Esta técnica, conhecida como “escorredor e mamadeira”, oferece várias vantagens em relação a plantar o bonsai no solo, entre elas:

* Permite alternativas sobre o melhor local para planta
* Maior controle dos substratos usados
* Melhor controle das adubações
* Mobilidade da planta para trabalhos de manutenção
* Grande facilidade no replantio para o vaso final

Passo a passo

Plantio no escorredor
Plantar o bonsai num escorredor plástico, normalmente usado em cozinha, redondo e totalmente furado nas laterais e parte inferior.
Usar substrato com boa drenagem, preferindo granulação entre 3mm e 5mm. Usar para isso os ingredientes mais acessíveis e baratos em sua região.
Funciona bem a composição de 70% de matéria não-orgânica e 30% de matéria orgânica, ou variações próximas disso.
Iniciar adubação 3 semanas após o plantio.
Manter o escorredor em local arejado e com boa insolação.

escorredor01-bonsaimt

Imagem do escorredor após 4 meses de plantio. Raízes já estão saindo pelo fundo.

Preparação da mamadeira
Quando as raízes da planta começarem a sair pela parte inferior do escorredor, está na hora de colocá-lo na mamadeira. Caso as raízes saiam antes pelos furos laterais, aguarde até que saiam pelos furos inferiores. Colocá-lo na mamadeira antes disso praticamente não traz vantagens.
Usar como mamadeira uma bacia plástica com diâmetro perto de 50% maior que o do escorredor.
Fazer furos no fundo da bacia, o que fica bem fácil usando-se um ferro de solda de tamanho pequeno. Alguns furos na lateral inferior da bacia também podem ser úteis.
Usar na bacia substrato rico em nutrientes. A mistura de 50% de terra comum e 50% de esterco animal bem curtido é uma boa opção.
É interessante adicionar areia grossa ou outros insumos para garantir uma boa drenagem.
Apoiar a bacia em suportes que a mantenham elevada o suficiente para permitir a livre drenagem.

escorredor02-bonsaimt

Preparação da bacia "mamadeira".

Colocando o escorredor na mamadeira
O escorredor deve ser apenas apoiado no substrato da bacia.
Um importante motivo para não se enterrar o escorredor, mesmo que parcialmente, é manter seus furos laterais livres para que as raízes saiam e entrem em contato com o ar. Quando isto ocorre, as pontas das raízes secam, estimulando o surgimento de raízes capilares no substrato do escorredor, o que é importante na época do replantio final no vaso raso de bonsai.
Em locais mais abertos, sujeitos a ventos fortes, aliados a uma grande estrutura enfolhada, existe o risco do escorredor tombar. Para evitar riscos à planta, é recomendável que, nestas condições, o escorredor seja amarrado na mamadeira. Arames de alumínio se prestam bem para isso.

Posicionando escorredor na bacia "mamadeira"

Posicionando escorredor na bacia "mamadeira"

Adubação
O tempo que o bonsai será mantido no conjunto escorredor/mamadeira depende das expectativas do bonsaísta, porém, os resultados se tornam gradativamente mais visíveis a partir do segundo ano. Assim, manter o bonsai neste tratamento de 3 a 5 anos não é impossível, o que, por sua vez, nos recomenda manter um sistema de adubação adequado.
Neste processo, temos 2 níveis de enraizamento, ou seja, as raízes do escorredor e as raízes da mamadeira, e os resultados serão melhores se os adubarmos conforme suas exigências específicas.
O substrato do escorredor deve ser adubado como um bonsai já no vaso definitivo, ou seja, adubação frequente e suave, exceto no inverno.
O substrato da mamadeira, uma vez que alimentará o sistema radicular maior, pode receber uma adubação um pouco mais forte.
Intercalar adubação orgânica e química também é uma boa sugestão, tanto para o escorredor como para a mamadeira.

Trabalhos com o bonsai
Durante todo o período que o bonsai permanecer na mamadeira, poderá receber todos os trabalhos normais de manutenção e estética como poda de galhos, aramação, desfolhamento, exceto, evidentemente, a poda de raízes.

Replantio final
Tendo atingido os resultados esperados, chegou o momento de replantar o bonsai no seu vaso definitivo.
O primeiro passo é cortar as raízes que ligam o escorredor à mamadeira.
Em seguida, retirar o torrão do escorredor e fazer a poda de raízes como num processo normal de replantio de vaso. Neste momento, deve ser mantida uma parte do substrato original, completando-se com substrato novo.
Após replantado o bonsai no vaso final, voltamos aos cuidados conhecidos, ou seja, meia sombra e ausência de adubação por 3 semanas.

De volta ao objetivo
Após toda esta “apologia” do escorredor e mamadeira, é importante termos clareza do que esperar desta técnica, e o que não esperar!
Quando falamos do objetivo de acelerar o processo de desenvolvimento de diâmetro de tronco e estrutura de galhos, estamos falando de um pré-bonsai, um bonsai, ou mesmo uma planta na qual visualizamos um bom potencial.
Esta técnica, entretanto, não é miraculosa a ponto de transformar uma mudinha sem as mínimas características definidas, num belo bonsai.

Matéria de Charles White estraída do site Atelier do Bonsai: http://www.atelierdobonsai.com.br/mamadeira.html


Inscreva-se nos comentários RSS

Existem 39 comentários para este post

  1. sergio disse:

    posso utilizar esta tecnica em um junipero jacare? qual o periodo certo para se fazer(final do inverno e inicio da primavera ou outra data?)posso utilizar pedra brita na base da mamadeira?

  2. ABMT disse:

    Olá Sergio!
    Você está na época certa para se fazer esse trabalho. Costumamos trabalhar nossos juníperos nessa época (Agosto e Setembro), ontem mesmo trabalhamos dois…

    Quanto ao escorredor e mamadeira, dentro do escorredor você até pode utilizar a brita, mas recomendamos o caco cerâmico.

    Agora, na bacia mamadeira você deve colocar algo com grande poder nutritivo, como terra e esterco curtido. A finalidade da mamadeira é nutrir sua planta para que ela “engorde”. Pedras não farão isso…

  3. Ancelmo Medeiros disse:

    muito esclarecedor muito bom me ajudou muito até mais

  4. Flávio Carrasco disse:

    Olah, gostaria de saber, utilizando esta técnica por um período de 2 à 5 anos os resultados obtidos podem chegar até quais medidas? de engrossamento do tronco e crescimento da planta? Obrigado.

  5. ABMT disse:

    Então Flávio…
    Você não conseguirá grandes milagres, mas esse sistema de aeração nas raízes para ramificação e depois uma forte adubação, com certeza servirão como um “anabolizante” para suas plantas.

    Quanto aos resultados obtidos, isso é muito relativo. Depende das espécies que quer trabalhar, do substrato que irá utilizar, mas em geral a técnica se mostra mais eficaz em pinheiros…

  6. Silvério disse:

    Olá, possuo alguns exemplares como jauticabeira, romanzeira, goiabeira, cerejeira anã e acerola e tambem um shimpaku, quanto a jabuticabeira sei que demora cerca de 15 anos p/ produzir a romã vive dando frutos mas quanto a acerola, qual é o periodo p/ produzir frutos, gostaria de obter essa informação, obrigado.

  7. ABMT disse:

    É relativo Silvério.
    Temos jabuticaba aqui em Cuiabá, já produzindo, com cerca de 4 anos de idade. Tudo depende da planta matriz e dos enchertos.

    A acerola é complicado dizer. Temos amigos nossos que estão com mudas de mais de 10 anos que nunca deram frutos, outros tem mudas de 5 anos que já cansaram de dar carga de frutos. Depende do solo e da adubação. Acerola adora uma superadubação…

    Em caso de alporquias em acerolas já produzindo, depois de uns 4 a 5 meses transplantada ela já volta a florir.

  8. Silvério disse:

    Gostaria de saber tambem em qual periodo seria ideal p/ fazer alporquia de uma jaboticabeira que já produz frutos, obrigado.

  9. ABMT disse:

    Seguinte Silvério…
    A melhor época para se fazer alporquia de jaboticabeiras é o inicio primavera ou então em períodos de muita chuva. Aqui em Cuiabá costumamos fazer entre dezembro e janeiro, justamente por serem mêses chuvosos aqui em nossa capital.
    O tempo para enraizamento costuma ser de 5 a 6 meses. Para as jaboticabeira da espécie sabará, o enraizamento ocorre com cerca de um ano após a aplicação da alporquia.

    Um abraço!

  10. nelson jose rodriques disse:

    sugiro que coloque videos de tecnicas de plantil porque tem jente que nao tem condicoes de pagar.
    sendo assim elas poderiam ganhar verbas para sustentar melhor seus filhos ass. ludao

  11. ABMT disse:

    Olá Nelson!
    Em breve o blogsite será alimentado com novas matérias como essa do misho, que explica um plantio passo a passo desde a semente. Outras técnicas como a alporquia e a estaquia também podem ajudar na produção de mudas para bonsai.

    Quanto ao comentário relacionando plantio a sustento familiar, acho que é algo um tanto dificil, pois como é sabido pelos muitos bonsaístas que já tentaram sobreviver do cultivo de mudas para bonsai, a produção caseira não é tão lucrativa quanto se pensa, gerando mais dor de cabeça e grande dedicação do que um complemento significativo de renda.

    Se alguém estiver com esse interesse ao qual você mencionou sobre plantio para produção sustentável, deverá procurar sites como o da Embrapa e então procurar por matérias refentes a plantação agrícola. Assim poderá aprender a plantar uma mandioca, uma batata doce, um feijão…

    Isso sim seria mais viável, pelo menos para o consumo próprio.

    Um abraço!

  12. erika disse:

    olá adorei as dicas de plantiu …obrigada vou começar já…

  13. erica disse:

    Olá, posso utilizar adubo líquido em cima dos musgos?(shimpaku; 4anos; 15cm; todo coberto de musgo)

  14. ABMT disse:

    Olá Erica!
    O musgo é muito bonitinho e tal, mas…
    O vaso de seu bonsai não deve ser todo recoberto com musgo, recubra apenas cerca de 1/3. E é justamente nos espaços que não houverem o musgo que você poderá jogar o seu adubo líquido.

    Entretanto, dependendo da concentração de seu adubo, você poderá jogar sobre o musgo sim, mas sempre numa mistura não muito forte.

    Um abraço!

  15. Leandro disse:

    Ow, esse site é até falta de educação… de tão BÃO!!!
    Vlw ABMT!!!

  16. Odair Antonio disse:

    Obrigado pela aula! Muito bom este artigo.

  17. rodrigo disse:

    ola, estava de passagen e resolvi fazer uma pergunta, como estou iniciando, e com muito interece em bonsai e pré, gostaria de savber o seguinte, tenho uma muda de jabuticaba com uns 35 a 40 cm de altura, em vaso, e gostaria de saber se ela se emquadraria em um tamanho aceitavel para bonsai, caso sim, pergunto isso pois tenho a intençao de colocala na mamadeira para engrossar o tronco, mas acho que ela ja esta muito grande ou estou enganado?

  18. ABMT disse:

    A Jabuticabeira é uma excelente espécia para se trabalhar.

    Quanto ao tamanho da planta, isso não é o mais importante nesse começo Rodrigo. O que pode te faltar é uma visão sobre como se trabalhar a planta. Veja as fotos desse Ptecolobium antes e depois do trabalho e entenda o porque tamanho não inporta: http://www.bonsaimt.com.br/384/

    Costumamos pegar uma planta adulta, de 2 metros de altura, cortá-la praticamente em um toco e começar então um trabalho. Mas antes que pense em fazer isso, leia, leia muito…

    Um abraço!

  19. Arthur Chaves disse:

    Ola amigos, eu ganhei um Acer Deshojo, agora tenho um problema, moro em um apartamento onde o sol bate ( direto na arvore ) cerca de 1h por dia.. eu tava vendo que tem como por iluminação artificial.. lâmpadas com vapor metálico e de sódio, gostaria de saber se isso é possível ou é apenas mas uma dica falsa??
    Obrigado pela atenção!!

  20. ABMT disse:

    Possível até é Arthur…
    O negócio é o custo disso, e outra, um solzinho de vez em quando sempre será necessário.

    Seria mais viável conseguir um outro local para manter sua planta.

    Um abraço!

  21. Guilherme Luis Lehnen disse:

    Ola…o site e otimo, e, aproveitando, eu estou iniciando na arte do bonsai e tenho um hibiscus, essa tecnica do escorredor e mamadeira e eficiente para esta planta? e gostaria de mais informacoes sobre o hibiscus, como substrato, adubacao e etc, poi o que eu achei esta muito vago. Abraco!

  22. ABMT disse:

    Em breve disponibilizaremos informações de outras espécies aqui no blogsite, Guilherme. O hibisco será uma delas.
    A técnica do escorredor e mamadeira é mais adequada para pinheiros e plantas com crescimento mais lento.

    Essa é uma técnica mais voltada para o desenvolvimento de raízes mais próximas ao nebari da planta. Se o seu caso for crescimento da planta como um todo, seria mais viável a plantar no chão ou então numa bacia grande, “esquecendo” da planta por pelo menos um ano antes de pensar em fazer algum trabalho inicial voltado para bonsai.

    Um abraço!

  23. Marcelo disse:

    Caros Amigos,
    moro em salvador/BA, e sou um leitor assíduo do site, que por sinal está excelente, a possibilidade da troca de experiencias é maravilhosa. Sou um iniciante na arte apaixonante do bonsai, tenho uma azaleia (08 anos), uma laranjinha kinzu (02 anos), uma tuia nana (03 anos), uma ficus boni (03 anos), e uma acácia (06 anos), todos PRÉ-BONSAI, estou querendo fazer a esta técnica do escorredor e mamadeira em todos eles pois esta na hora de fazer a transplantação e vou aproveitar.
    tenho me interessado muito na produção do bonsai, Estou querendo fazer um bonsai de PRIMAVERA, sei que será um processo muuuito longo, como tudo no bonsai, mas na opinião de vocês, o que acham ser mais fácil para um iniciante? adquirir uma muda maior, já mais ‘encorpada’, ou uma menorzinha? qual o melhor método para trabalhar a muda? vocês tem algum texto sobre o tema que possam me indicar?
    desculpem se me alonguei um pouco, mas é que as dúvidas são tantas,
    grato

  24. Marcelo disse:

    ou seria melhor fazer a partir de um galho?

  25. A primavera tem um crescimento muito rápido. Começar um bonsai a partir de uma muda pequena não é má opção. Por outro lado a primavera pega muito fácil de galho, raiz, tronco… Tudo depende do que lhe estiver mais acessível.

    Aqui em Cuiabá conseguimos exemplares com diametros grandes (de 15cm a 30cm) com muita facilidade, por isso preferimos pegar uma única arvore e a cortar em vários “tocos”.

    Apos ser feito um trabalho de tratamento de madeira, e um bom trabalho de fresa para dar conicidade na planta, conseguimos ter uma planta robusta em pouco tempo de trabalho.

    O ruim de se trabalhar com “tocos” é o fato de nunca se ter uma planta com Nebari. Sempre será um toco saindo da terra, sem raízes na base. Ou ponto a se lembrar: Grandes áreas de madeira exposta, com frequente necessidade de cuidados sua para conservação.

    Por melhor que seja o trabalho, no fim das contas, aos olhos comuns (desprovidos de questionamentos mais tecnicos) o que realmente chamará a atenção serão as flores. Capriche na adubação!

    Fique a vontade para tirar suas duvidas. O site foi feito para isso.
    Um abraço!

  26. Paulo Briet disse:

    Olá nem vejo passar as horas quando entro nesse site,moro em Taubate SP e gostaria de saber qual melhor substrato para primavera.Att:Paulo Obs:(sou iniciante) .

  27. Costumo dizer que a primavera é uma planta sem-vergonha, estilo “mulher de bandido”… Quanto melhor a tratamos menos ela gosta de nos presentear com flores. Por isso, de vez em quando, após a planta estar estilizada, “as trato mal”.

    No início dos trabalhos com a muda, utilizo em minhas plantas um solo mais granulado, para que elas estiquem suas raízes a vontade. Uso areia lavada para enraizamento e depois, nos transplantantes futuros, utilizo 80% de caso cerâmico e 20% de substrato agrícola peneirado.

    Abubo as plantas com Osmocote 9 meses, caso não tenha tal adubo, adube mensalmente com algum NPK + Micronutrientes que encontrar pelas floriculturas de sua cidade, sempre despejando metade da concentração dita ne embalagem apenas nas bordas do vaso e nunca próximo ao tronco principal, para evitar perda de raízes principais por excesso de adubo.

    Depois disso, vem o caso da “mulher de bandido”. Para uma boa floração, as adubo bem e depois começo a reduzir a quantidade de água, fazendo-as entrar em stress e então começar a florescer por completo, ao invés da habitual floração de 4 ou 5 flores.

    Mas não faço isso sempre! Apenas uma ou duas vezes ao ano, quando quero levar a planta para uma exposição…

    Grande abraço.

  28. Weverton disse:

    Olá, Sérgio, eu tenho um Junipero (Shimpaku) de dois anos. Ele está bem magrelinho. gostaria de dá um up nele, ou seja, fazer alguma técnica que ele fique mais gordinho e cresça. Gostaria de saber se posso usar esta técnica, mamadeira, nele, msm sendo novinho? Obrigado!

  29. Heitor disse:

    Boa Tarde, agradeço pelas dicas para primaveras. Tenho uma muda, de uns 18 meses. Ela está praticamente parada no tempo, embora eu não tenho dado muita atenção. Ela é uma vareta de uns 45cm, gostaria de saber se posso podar ela no meio mais ou menos, para impedir seu crescimento longitudinal e permitir que venha novas brotações? Ou eu estaria prejudicando com esse corte? (Sou completamente leigo)

  30. Recomendo que leia um pouco mais sobre as primaveras antes de fazer o que fizemos nas fotos que vou lhe mostrar, Heitor…

    Entretanto, as primaveras costumam ter excelente brotação. Por várias vezes, já cerramos aqui troncos com mais de 30cm de diâmetro e o plantamos na pura areia. Praticamente 90% deles brotam com bom vigor.

    Ao mesmo tempo, sua madeira é bem sensível e se não trada apodrece com facilidade, conforme essa da foto do meu facebook: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=244824116534&l=6707e224cd

    Essa planta era um tocão sem raiz alguma, cultivado em areia pura. As próximas 3 fotos depois dessa dão sequencia ao trabalho. Infelizmente a planta foi vendida antes eu eu tirar a foto da sua copa toda terminada.

    Grande abraço!

  31. Márcia disse:

    Explorando um pouco a net encontrei vocês. Sempre fui apaixonada por bonsai mas so agora sei que terei tempo de me dedicar. Além das informações fui lendo as duvidas das pessoas e me deliciando com as resposata. Acho tão carinhoso e sei que aprendo muito com as dúvidas dos outros. Estou morando em um sítio em Santa Rita de Minas em Minas Gerais e tenho certeza que vou me embrenhar nesta maravilhosa arte.Obrigada!

  32. reginaldo disse:

    queria saber o q é um bonsai jovem q idade ele tem mais ou menos ,comprei uma jabuticabeira e veio escrito bonsai jovem e a tuia ouro como bonsai junior . e como faço um bonsai de limoeiro

  33. Patricia disse:

    Olá,

    Adorei o site!
    Sou novata no cultivo de bonsai, meu primeiro exemplar é um bonsai de cerejeira com 3 anos. Gostaria de saber se tenho que ter algum cuidado especial e com que idade em média floresce/dá frutos?

    Obrigada!

  34. Givago disse:

    Bom dia!!

    Estou começando a cultivar bonsai a pouco tempo fiz até um cursinho rápido porem tenho muitas duvidas, e não consigo encontrar as informações certas por isso estou te escrevendo na esperança que o senhor possa me ajudar para começar comprei algumas plantas grandes por que me falarão que a (… planta só engrossa o tronco quando cresce…) mais por exemplo uma das arvores é um pau-ferro e já está com mais de 1 metro, e agora como vou poda-lo mesma coisa um tuia já está com o tronco no diâmetro que eu quero mais está muito alta quero reduzir o tamanho. E agora que fazer?
    Agradeço pela atenção!

  35. Ione Pinheiro Guimarães disse:

    Quero começar a cultivar um bonsai. Encomendei um para uma florista que vem aos sábados na feira. assim, estou lendo algumas coisas e agradeço também pelas dicas. Abraço e muita paz
    Ione

  36. Luis Henrique Alves disse:

    Ola! Adoro bonsai, e ganhei dois, um Tuia Anã e um Shunkaen. Gostaria de saber como faço para cuidar deles. Qual a época certa para poda, se essa técnica de usar o escorredor e mamadeira seria uma boa para engrossar seu tronco? Qual a melhor forma de se fazer a poda?

  37. alzira disse:

    gostei muito pois comprei uma muda vou iniciar a arte do bonsai.

  38. fernando cabral disse:

    Olá umas da minhas dúvidas é quando eu colocar minha muda no escorredor onde eu apoiou o escorredor para as raízes saírem?
    E quando colocar o escorredor dentro da mamadeira eu tenho que molhar dentro do escorredor ou dentro da bacia (mamadeira).
    Desde de já muito obrigado e parabéns pelo site

  39. alan disse:

    quanto tempo dura para que uma bonsai de ipê fique
    parecendo uma arvore em miniatura

Deixe um comentário

* campos obrigatórios